quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Dedos enrugados (Murchos)

Você já deve ter reparado ou notado que seus dedos ficaram enrugados (ou murchos, como a gente costuma dizer aqui ni Litoral em SC) depois de ficar muito tempo dentro do mar ou da piscina. Mas você já se perguntou por que isto ocorre? e por que pouco tempo depois de sair da água, os dedos voltam ao normal?


A pele é o maior órgão do corpo humano. É a primeira via de contato do corpo com o meio externo e uma de suas funções é a proteção contra agentes agressores como as bactérias. Ela é formada por 3 camadas diferentes (epiderme, derme e hipoderme). Na epiderme existe a queratina, uma proteína também encontrada em as unhas e cabelos. Ela é responsável pela proteção contra a desidratação da nossa pele.

A pele das palmas da mão e plantas dos pés são diferenciadas porque executam tarefas constantes como caminhar e segurar objetos. Assim, nesta região a epiderme é muito mais espessa do que o resto do corpo, essa espessura extra  é causada pela queratina que forma uma espécie de camada de células mortas na pele.

E por causa desta queratina é que suas mãos e pés acabam enrugados. A queratina contida nas células mortas presentes ali absorvem água. Como as outras camadas da pele não alteram, a epiderme contendo a queratina encharcada com a água é impedida de se esticar para armazenar a água absorvida, então se enruga para aumentar a área e conseguir comportar a água.

Esta pele enrugada facilita ao ser humano caminhar em locais úmidos, bem como segurar objetos sem que escorreguem por estar úmidos. Após sair da água, a queratina começa a perder a água e a pele volta a sua forma original.