segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Animais de Estimação (Pets) e as Zoonoses

Muito se discute e se fala quanto aos Animais de Estimação (os pets): ter ou não ter? transmitem doenças? causas alergias? podem matar? e por aí vai...

Tê-los ou não Tê-los?


Os mais comuns são os adoráveis cães e gatos. Muita gente não os tem, por alegar que eles transmitem doenças, que inclusive podem levar a morte da pessoa. E sim, isto é verdade.  

  • Cachorros podem transmitir Raiva, Pulgas e Carrapatos, Sarna, Leptospirose, entre outras. 


  • Gatos podem transmitir Raiva, Sarna, Toxoplasmose, Bicho Geográfico e causar alergias.


  • Seres Humanos podem transmitir AIDS, DSTs, tuberculose, Meningite, ódio, calúnia, difamação, causam desmatamentos, "acidentes"de trânsito, potencializam alagamentos, enchentes, lixo nas ruas, lixo nos rios, não reciclam, não tratam esgoto, causam aquecimento global, assassinatos, terrorismo, extinção de espécies em massa.

A diferença é que os pets não questionam se devem ou não nos ter, eles nos aceitam e estão sempre a nossa disposição.

Animais de estimação causam doenças não porque querem, mas porque apresentam donos irresponsáveis e por falta de higiene das pessoas. Ou seja, além de tudo o que nós causamos e foi citado acima, boa parte da culpa do que os animais causam também é nossa.

Devemos sim estar cientes que os animais podem transmitir doenças ao homem, mas os benefícios para a saúde de ter um animal de estimação superam os riscos, pois pesquisas já demonstraram que além de oferecer apoio psicológico e amizade, os animais de estimação ajudam, dentre outras coisas, a baixar a pressão sanguínea, aumentar a atividade física, reduzir o estresse e melhorar o humor do dono.

Alguém aí pode estar pensando na "sujeira" que os gatos fazem e a tal toxoplasmose (infecção parasitária causada por um protozoário, o Toxoplasma gondii). Bom, apenas 1% dos gatos transmite a toxoplasmose e, para isso, eles precisam estar doentes e na fase de eliminação dos oocistos (ovos de toxoplasma). O gato contrai o toxoplasma quando come carne crua ou mal passada que contenha cistos do protozoário. Ou seja, se você alimenta seu animal corretamente, já acaba com o problema.  E mais, geralmente, o gato que contraiu toxoplasmose, irá eliminar os oocistos apenas uma única vez e por apenas 15 dias durante toda a sua vida. Esta eliminação ocorre 10 dias após o gato ter sido infectado. Para que o ser humano se contamine com o toxoplasma, você precisa comer a forma infectante, que nada mais são que os oocistos presentes nas fezes do gato contaminado (você precisa comer as fezes do gato).

Transmissor de Toxoplasmose? Não, transmissor de amor!


Outros animais já levaram a culpa de transmitir toxoplasmose. Pombos, ratos, coelhos, tartarugas, iguanas, porquinho da índia etc.)  também são e foram perseguidos. E a história é a mesma do gato. Portanto, se você não come pombos (ou outros animais) crus ou mal passados, fique tranqüila, eles não representam nenhum risco de lhe transmitir toxoplasmose.

Então, caro leitor, por acreditar que você tenha bons hábitos de higiene, como lavar as mãos, lavar e cozinhar bem os alimentos, você vai ter que procurar outra desculpa para não gostar de animais de estimação (que é um direito seu), mas a desculpa da transmissão de doenças, não cola mais.


Vivem pacificamente!
Tenha um animal de estimação e seja feliz! mas não esqueça de deixar o animal feliz e jamais abandone quem não te abandonaria!

Não tem igual!


2 comentários:

  1. Transmitem doença sim... Mas isso até nós transmitimos...
    Tudo que deve haver é higiene.... E mantermos nossos companheiros imunes de certas doenças, vacinando-os periodicamente no tempo certo.
    Então não há dúvidas sobre ter um animal ou não, lembrando obviamente das necessidades características que cada espécie necessita.

    ResponderExcluir